domingo, 13 de novembro de 2016

Irresistível a Deus (2)


Orgulho Intocável:

Uma pessoa intocável é alguém que não suporta ser corrigida.

O orgulhoso e tolo não aceitará reprovação. (Pv 9:7,8).

Deus costuma ser muito confrontador quando está lidando com aqueles que Ele ama.

Orgulho sabe tudo:

Quem se torna altivo pelas coisas que sabe geralmente é alguém talentoso, inteligente e dotado de dons.

Essa é uma das razões pelas quais ele não gosta de se submeter à liderança dos outros; ele julga que poderia fazer um trabalho melhor se estivesse à frente. Tal atitude arrogante o torna rebelde perante seus superiores. (Pv 26:12)

Rebelião:

As pessoas tendem a se submeter aos líderes somente o mínimo necessário. Alguns, simplesmente, odeiam que alguém diga o que eles têm de fazer.

Contudo, a submissão é uma parte importante da vida cristã.  (Rm 13:1-5)

Orgulho Espiritual:

Alguém que tenha esse tipo de orgulho se imagina como um gigante espiritual.

Deus detesta a auto-aprovação e o orgulho espiritual. Jesus censurou os fariseus por causa de sua falsa piedade, sua enganosa aparência de santidade.

Hoje em dia, Existem irmãos que se comportam assim. Sentam-se orgulhosamente nos bancos das congregações, julgando todos à sua volta para ver se eles se encaixam em seus padrões.

Assim, eles são espiritualmente arrogantes, pois consideram ter um nível de maturidade que, na verdade, não atingiram.

Elas imaginam que podem continuar sem se arrepender dos pecados e não sofrer consequência alguma.

É possível para o altivo, que se exalta acima dos que estão à sua volta, ter uma comunhão íntima com o Todo-Poderoso? O Onipotente ouvirá as  orações desse  rebelde mimado?

Não! Deus resiste aos soberbos, e quanto maior o grau de presunção de uma pessoa, mais ela estará oposta ao Pai.

A notícia maravilhosa sobre o Reino de Deus é que um pecador sempre pode arrepender-se!

Oração:

Senhor, por favor, torna clara para mim toda forma de orgulho que está dentro do meu coração. Expõe cada uma delas pelo que elas são! Ajuda-me a ser mais consciente de como esse sentimento afeta meu relacionamento contigo e com os outros. Liberta-me! Amém.

(Continua...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário