quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

O proposito profético e a unção (2)


1) Primeiro nasceu o propósito profético no coração de Deus,depois, para cumpri-lo, Ele chamou você à existência.

2) Deus, que não está sujeito ao tempo, conhece o desfecho final de toda a história. Ele sabe que você cumpriu o propósito Dele, em alguma medida, para a sua existência

3) Deus deseja levantar você, no seu chamado pessoal, como parte viva e ativa do corpo de Cristo.

4) "Porque um sai do cárcere para reinar; enquanto outro, que nasceu em seu reino, torna-se pobre " (Eclesiastes 4:14)

5) A unção do Espírito o leva a transcender as suas limitações naturais.

6) Por que a unção mudou? Porque já houvera sido cumprido o Seu propósito profético.

7) Unção não é algo que se vê ou que se possa tocar, é algo que se traduzirá num edificar prático para a casa de Deus. Embora não seja visível, a unção trará resultados visíveis.

8) Como no discurso de Pedro, em Atos 4, vemos que os religiosos ficaram impressionados com sua sabedoria e concluíram que aquilo não poderia vir dele.

9) À medida que tribulações e oposições se levantam contra você por causa da unção profética na sua vida, esses embates só irão fortalecê-lo.

10) Onde, portanto, está esta unção? Ela reside no propósito profético.

11) Nosso Deus não é incoerente. Ele lhe dará fé e todos os meios, incluindo todos os recursos para você cumprir o sonho que Ele colocou no seu coração.

12) Está aqui um segredo que você precisa conhecer. Ele só responderá às orações dentro da esfera do propósito profético para o qual o chamou. Nesse campo peça o que quiser e no contexto certo tudo virá à sua mão.

13) Ainda que sejam necessários milhões de dólares, eles virão. Ainda que seja necessário um grande hospital ou universidade, eles virão. 

14) Ainda que sejam obreiros maduros, cheios do Espírito, e que andam em aliança, eles virão. Ainda que seja um navio ou uma frota. 

15) Um a um virá para que você cumpra o propósito profético de Deus para a sua vida.

(Continua...) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário