domingo, 4 de setembro de 2016

O Caminho da mudança é pela graça


Em Mateus 12:1-4 podemos receber uma palavra de sabedoria e discernimento. Os fariseus, religiosos, legalistas observam a manutenção dos atos, ou seja, a lei (exterior).
Jesus observa a manutenção das motivações, corações, ou seja, graça (interior).
A tentativa de mudança de qualquer um dos dois, interior ou exterior por nós mesmos, é justiça própria. Trapo de imundícia, e fede às narinas de Deus.

O caminho da mudança é pela graça, pela oração em línguas, onde o Espírito Santo renova sua mente, e sujeita sua alma ao espírito. Há quem morra dizendo que esse dom de edificação não existe. Olhe para os frutos dos que creem e para os frutos dos que não creem. Simples assim.
Frutos não são pessoas que te seguem ou se tornam membros de sua igreja. Frutos são do espirito, obras são da carne. Veja em Gálatas 5, O que sua vida manifesta?

Transformação diária. Há quem diga por décadas que isso não existe, e assim, anos após anos suas vidas permanecem iguais. Teologicamente mais "sabidos", porém dando os mesmos frutos carnais.

Somos a justiça de Deus em Cristo
Somos a justiça de Deus na terra

Leonardo Lima Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário