terça-feira, 15 de março de 2016

O tempo do propósito (8)


1) Devemos aprender a discernir a visão no tempo, pois se você perder a visão, vai perder a unção, porque a unção está na visão.

2) Nunca tente antecipar os tempos escolhidos de Deus. Simplesmente não dará certo.

3) O Senhor precisa desse agente para alinhar as condições e estabelecer o momento maduro para que aquelas coisas que você tanto almeja possam acontecer.

4) Você sabe por que Deus está sempre mudando a sua maneira de agir? Porque Ele não quer ser seguido por aqueles que estão perto Dele em doutrina, mas distantes com o coração.

5) Pedra de tropeço fala de coisas agressivas aos costumes dos homens e de difícil, digestão para quem tem uma estrutura de pensamento rígida. Quem anda na carne e prefere a segurança de esquemas religiosos, jamais seguirá o Espírito e tropeçará, facilmente, na pedra de tropeço.

6) Formas de oração, estilo de louvor e liturgia é o que mais tem feito os religiosos tropeçarem. Imaginem se começássemos a curar usando a estratégia da saliva formando o barro como fez Jesus. 

7) Se essa visão for de Deus, Ele mesmo vai abrir as portas, os contatos virão e a unção também estará sempre presente.

8) Nós construímos uma nova posição em Deus não pelo que fazemos, ou pelo tanto que corremos e trabalhamos e nem mesmo pelo tanto que jejuamos ou oramos. 

9) Construímos uma nova posição pelo tanto que respondemos a Deus. Para respondermos adequadamente ao Senhor precisamos ter um coração para Ele. 

10) A unção está na posição que ganho quando respondo a Deus. 

11) Se formos definir poder, poderíamos dizer que ele move os homens, age na terra. Autoridade entretanto, afeta o céu, move a Deus. Muita gente tem buscado poder, poucos, entretanto , buscam e manifestam autoridade. 

12) A autoridade de um crente está na sua santidade. E isto que o alinha com o Deus Onipotente. 

13) A medida da nossa obediência será a medida da autoridade concedida por Deus para nós. 

14) Autoridade é construída quando, paulatinamente, damos ao Senhor o governo absoluto das nossas vidas. Ponto por ponto, área por área vamos sendo conquistados.

15) A realidade da submissão será a realidade da autoridade. 

16) Quer ter autoridade? Submeta-se e honre suas fontes espirituais. 

17) Deus quer nos levar do nível da unção de mordomo e servo para a unção de príncipe. Sabemos, então, que a prisão era Deus tratando com José. Nada adiantaria se ele orasse, ou até jejuasse. 

18) Se você quer ter revelação, então induza seu coração a amar a Deus e as coisas que Ele ama. 

19) Você quer fluir numa medida nova? Seja fiel a Deus dentro do tempo de crise. É no tempo da crise que é gerada uma nova unção. É nesse tempo que Deus libera mais autoridade sobre as nossas vidas. 

20) Você sabe como Satanás vai tentar reter o propósito profético? Obstaculando a unção, entulhando a visão, retirando a autoridade e quebrando a consagração. 

Verdades que já foram provadas em minha vida...

Nenhum comentário:

Postar um comentário