quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Após a Purificação, Paz


Nos últimos anos, uma paz profunda, indescritível e que supera todo o entendimento tem crescido em meu coração. Eu encontrei um lugar no Santo dos Santos, em meu espírito, onde eu experimento uma comunhão constante com o Próprio Príncipe da Paz. Lá, neste lugar secreto, Ele tem me explicado revelações que há anos eu queria entender. Esta paz é uma arma agressiva contra o inimigo porque nada me fez mais incontrolável para o diabo.

Quando esta paz começou a dominar a minha vida, as preocupações, os medos e as intimidações se entregaram. Aqueles feitos da carne literalmente morreram sob o poder desta paz. Firmado, fortificado e Fundamentado Se você me perguntasse há anos atrás, “Irmão Roberson, você está pedindo o quê para Deus?”. Eu teria respondido, “Eu quero apenas ser usado por Deus. Quero
que Ele seja capaz de me ungir para trazer um grande avivamento.” “Eu quero o tipo de avivamento em que cinqüenta surdos e mudos sejam trazidos ao culto e o poder de Deus encha aquela ala até que eles pulem e gritem, ‘Eu posso ouvir! Eu posso falar!’ Então, aqueles que forem curados infiltrarão a cidade.

Em dez dias, a cidade inteira vai querer vir aos cultos e o avivamento começará! É isto que eu quero!” Então, se você perguntasse, “Você acha que consegue agüentar este tipo de unção, irmão
Roberson?”. Eu diria, “Sim, consigo. Tudo o que o Senhor precisa fazer é dá-la a mim e eu lhe mostrarei!”. Mas, então, o diabo começou a lutar contra este avivamento que eu estava desejando. Em cada ataque, eu ficava agradecido pela paz sobrenatural que me sustentava. Depois de sofrer um pouco, as impurezas começaram a vir para a superfície. Eu dei uma boa olhada em umas grandes falhas e disse ao Senhor, “Tudo bem, Deus de toda graça. Eu vejo o que Você está tentando purificar
em minha vida. Eu vou me ajustar”.

Será que Deus esperou e me deixou sofrer um pouco? Sim, mas porque eu estava pedindo a Ele que me usasse e Ele disse, “Estas coisas impedem você de ser usado por Mim”. Quando eu perguntei a Ele por que Ele não havia me libertado das minhas lutas no primeiro dia, Ele disse, “Porque você não acreditava que estas coisas estavam entre você e Eu no primeiro dia”. Mais tarde, eu entendi melhor porque Deus respondeu a minha oração pelo avivamento daquela maneira. Ele precisava mortificar tudo no meu caráter que havia dado a Satanás uma base através da intimidação e do medo.

Senão, bem no meio do avivamento, em um momento oportuno, o diabo iria expor aquelas fraquezas
e usá-las contra mim. Mas, ao invés disto, Deus interveio com Sua graça para me firmar, fortificar e fundamentar através do processo de purificação da oração em línguas. Eu estava até pronto para mais purificação para obter o amor ágape quando tudo já havia acabado. A verdade é que a purificação não me incomoda mais devido ao grau de paz que eu atingi ao me entregar ao Espírito Santo neste processo durante anos.

Além do mais, eu sabia que Deus queria me exaltar acima de todas as minhas tribulações confusas. Não é culpa Dele se eu preciso permanecer no fogo até que consiga ver toda carne que ainda opera em minha vida. Eu agradeço a Deus por cada uma de minhas fraquezas que é exposta pelo tormento ao meu redor. Eu quero que o Deus da graça intervenha e lide com estas fraquezas. Eu não quero continuar vivendo com fraquezas não purificadas, passando pelo mesmo sofrimento e pelo mesmo tipo de tribulação, ano após ano, porque não estou ciente de que elas existem. Eu não quero tomar o meu lugar na história como um dos que falhou. Eu quero me purificar para que Deus possa mandar o avivamento!

Eu estou muito faminto por Deus para apenas sentar na igreja, pagar meus dízimos e esquentar o
banco todo domingo ou quarta-feira. Eu desejo muito o máximo Dele para passar a semana inteira no campo de golfe e depois ir para o púlpito com um discurso intelectual para agradar as pessoas.
O avivamento está esbravejando em meu espírito. Eu não quero permanecer em uma área neutra até que o diabo venha e roube o que eu tenho, fazendo de mim um pregador de nome, mas longe de conseguir pregar até mesmo sobre oração. Se a oração em línguas e jejum fazem com que as
minhas impurezas apareçam, que assim seja. Se a progressão para o poder inclui a oração em línguas para me edificar sobre um andar carnal e dominado pelos sentidos, então, vamos em frente.

Se o caminho mais excelente para atingir o máximo de Deus é buscar o amor ágape, então vamos fazer isto, Deus da graça, purifique tudo em mim que me impede de andar no amor! Se o meu sofrimento é requerido até que eu veja o problema, não importa, porque eu quero ser firmado, fortificado e fundamentado. Eu quero experimentar ondas cada vez maiores da glória de Deus!

Contudo, eu decidi que não estou esperando por um teste ou tribulação para revelar as minhas fraquezas. Eu descobri que orar segredos divinos e mistérios no Espírito Santo faz com que a candeia acesa do meu espírito humano renascido brilhe cada vez mais forte, iluminando todos os meus lugares escuros que precisam ser purificados. Se eu me entregar à operação do Espírito Santo,
aquelas fraquezas aparecerão por si só, sem nenhuma tribulação difícil. Isto é que é o crescimento e a
edificação, a propósito, apenas porque eu quero!

Pr. Dave Roberson 

Nenhum comentário:

Postar um comentário