quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Meditação de Agosto

"Palavra alguma falhou de todas as boas coisas que o Senhor falou à casa de Israel; tudo se cumpriu."
(Josué 21:45)

"E, quanto a vós, não fareis acordo com os moradores desta terra, antes derrubareis os seus altares..."
(Juízes 2:2a)

"Levanta-te, pois, de noite, tu e o povo que tiveres contigo, e põe emboscadas no campo." (Jz 9:32)

"O Senhor retribua o teu feito; e te seja concedido pleno galardão da parte do Senhor Deus de Israel, sob cujas asas te vieste abrigar."
(Rute 2:12)

"E, ouvidas as palavras que Davi havia falado, as anunciaram a Saul, que mandou chamá-lo."
(1 Samuel 17:31)

(Vão mandar te chamar. diz o Espirito) 

"...E a mulher lhes disse: Já passaram o vau das águas..."
(2 Samuel 17:20b)

"...E disse Jesus a Simão: Não temas; de agora em diante serás pescador de homens.
(Lucas 5:10b)

"Assim edificou Salomão aquela casa, e a acabou."
(1 Reis 6:14)

"...e assim se acabou a obra das colunas."
(1 Reis 7:22b)

"E toda a terra buscava a face de Salomão, para ouvir a sabedoria que Deus tinha posto no seu coração."
(1 Reis 10:24)

"O que vendo todo o povo, caíram sobre os seus rostos, e disseram: Só o Senhor é Deus! Só o Senhor é" Deus!" (1 Reis 18:39)

Todo o seu tempo pertence ao seu Criador. 
Gaste seu tempo com seu Pai.
Adore Yeshua!!!

Leonardo Lima Ribeiro

domingo, 28 de agosto de 2016

Chega de justiça própria


Eu estava passeando por ai, e pensando...quanta gente pregando a Graça e vivendo na Lei. Deus não é igual ao seu pai que te criou, Ele é um Deus Pai, é muito diferente. É necessário discernir. Ele é Graça pura, sem mistura. Ele é amor incondicional, amor pelos filhos até o final.

Aquela história de Deus não fala? sai dessa meu irmão, para de pirraça. Seu racionalismo iluminista está calando a voz do Espírito. Pare de falar de Graça, se vive como se Deus tivesse irado contigo.
Quem conquista tudo pelo braço, e coloca jugo sobre os outros não sabe o que é graça. Eu não conquistei nada pelo meu suor, ganhei tudo pelo sangue de Cristo. Meu pai Yahweh é bom além do meu entendimento. Parei de sofrer com essa tal de justiça própria.

Ah! Eu não mereço. Mas, idai, Ele me ama!!! E se alegra em me abençoar. O legalismo coloca jugo nas pessoas. Diz que Deus não fala mas usa as escrituras para pregar uma graça do monte sinai.
Bom, a verdade meu amigo, é que algumas feridas ai precisam ser curadas, para substituir essa "ira de Deus" por "Amor infinito inexplicável" na sua pregação de Graça. Saia do Sinai, Jesus foi para o Calvário.

Ore em línguas e ouça a voz do Espírito. Ore em línguas para que suas emoções sejam curadas, seu evangelho adoecido pelo legalismo tem magoado e ferido pessoas. Pare de jogar pedra nas pessoas com a bíblia. Para você ser Paulo vai ter que deixar de ser Saulo, e Saulo ficou 11 anos em Tarso escondido por Deus orando em línguas, recebendo a revelação do evangelho e curando a lei, ódio e ira que existia dentro dele. Saia da escola de Gamaliel, entre na escola do Espírito. Ta na hora de sua vida ser cura, ao invés de ferida.

Quando Cristo for manifesto na sua vida, um abraço seu poderá converter mais pessoas do que suas dezenas de sermões da carne. Adão tem que morrer
Saiba bem, Te amo, viu.
Somos a justiça de Deus em Cristo Jesus.

Leonardo Lima Ribeiro

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Dízimo, lei e graça! (2)



Sob a Antiga Aliança, dar o dízimo era parte da Lei; as pessoas tinham que trazer o dízimo para as viúvas, para o sacerdote, e para o governo.  Era a Lei.  Mas sob a Nova Aliança, nós já saímos da Lei.  Temos recebido as promessas onde todos nós podemos conhecer a Deus, do menor ao maior.

Eu não preciso que alguém me incentive constantemente pregando, "Você NÃO deve cometer adultério!" A minha nova natureza já me diz que eu não posso fazer isso.

Alguém pode dizer, "Mas irmão Roberson a minha natureza não me diz isto".

Claro que diz, se você é um filho de Deus.  Você está simplesmente mentindo para você mesmo, ao dizer isto.  Você sabe que adultério é errado.  Você ficou sabendo disto no dia em que nasceu de novo, pois as leis de Deus foram escritas em seu coração.  Agora você está sendo julgado de acordo com a lei da sua consciência.

A mesma coisa é verdade com referência à lei do dízimo.  Como um crente, você está sob a lei da consciência com relação ao dízimo.  Você estará dando pela sua nova natureza, não pela sua compulsão.  Mas isto não significa que é para você parar de dar o dízimo ou ofertar menos.  VERDADEIRAMENTE, ISTO DEVE SIGINIFICAR O OPOSTO.

Então, como eu disse, quando eu comecei a ensinar este assunto, as ofertas da nossa igreja caíram pela metade da quantia costumeira.  Por quê?  Porque as pessoas passaram a dar de acordo com as suas consciências e de acordo com o nível de amor que tinham por Deus.  (Quando uma pessoa dá de acordo com sua consciência, não vai levar muito tempo em saber onde ela está em seu nível espiritual!)

É para nós darmos de acordo com a lei da consciência.  Assim como nós não temos que pecar porque nossa nova natureza tem dado poder e nos comandado a não pecar, nossa nova natureza tem também nos dado poder e testemunhado em nós sobre o dar (ofertar).  Isto significa que ao andarmos na nova natureza, nós não apenas ficamos livres do pecado, mas também livres para ofertar!

Eu estou tão feliz por ter entendido esta verdade sobre formalismo em dar o dízimo e ofertar versus  filiação e herança.  Eu entendo agora porque Deus me disse, "Filho, você não vai terminar nada do seu chamado (na a escala da herança divina) enquanto você limitar a você mesmo com o limite dos homens que têm ME LIMITADO".

Bem, eu determinei que não vou mais fazer isso!  Eu vou ser como Jesus no deserto, alimentando as multidões com poucos peixes e poucos pães.

É deste jeito que eu ajo referente às finanças para o meu ministério.  Suponha que ninguém desse nada para este ministério, seguindo às suas consciências.  Quando for o dia em que eu estiver em pé diante de Jesus no Julgamento para responder a Ele o que eu fiz com o que Ele me ordenou a fazer, eu não vou poder dizer que as pessoas não tinham dinheiro para me dar, como uma desculpa por não estar cumprindo as suas chamadas.  Esta desculpa não vai funcionar.

Outros podem falhar, por parte deles, por não terem trazido os camelos cheios de comida para alimentar a multidão ou para curar as pessoas, mas isto não vai ser desculpa para mim.  Isto deveria me compelir em ir em frente para o próximo milagre dos pães e peixes.   Eu não quero estar diante Dele e ouvi-Lo dizer,   "Você se limitou pelos limites dos homens que ME limitaram."

Mesmo que ninguém opere de acordo com a lei da consciência, eu operarei.   Quando eu estiver diante DELE, eu não vou dizer "Aquelas pessoas não tinham consciência para dar".  ELE então dirá, "Isto pode ser verdade, mas se não veio para você um camelo carregado, ficou sob sua responsabilidade ver os pães e os peixes multiplicados. Veja,  "O Meu suprimento estará sempre lá, e a sua herança é sempre de acordo com a Minha riqueza e glória.".

Alguém pode dizer, "Mas eu não posso esperar que aconteçam milagres em minha vida tais como o milagre dos pães e peixes. Esses tipos de milagres já eram".

Desculpe-me, mas eu não concordo.  Nós temos apenas um EXEMPLO para olhar – o Primogênito, Aquele que dirige a Igreja.  ELE DEVE SER O NOSSO PADRÃO.  Alguém mais pode me dizer que aqueles tipos de milagres já se foram, mas Ele me diz que não, eles ainda existem.  Então quando vier a determinação de quem está certo ou errado, eu digo que eu só tenho um QUE ME ENSINA – e ele não é um ser humano que falha!

A verdade é que a lei do espírito da vida que liberta você do pecado e faz com que você ande na sua consciência é a mesma lei que faz você dar o dízimo e ofertando para o Reino de Deus.  Você tem um mandamento divino a obedecer, então, obedeça-o. Você estará em pé diante de Jesus para prestar contas do que você fez com a sua nova natureza, e prestar contas sobre o que você está fazendo.

Mas de uma coisa eu sei: Você tem uma herança espiritual para possuir antes que você esteja em pé diante do trono de Jesus no Dia do Julgamento.  Seu Pai Celestial, O qual quer que você seja bem sucedido, muito mais do que você mesmo quer, já tomou todas as providências.

Mas você é que faz a escolha, meu irmão.  Você permitirá que a sua nova natureza guie você, ou você a ignorará, ficando debaixo do jugo da Lei?  Você vai aprender a viver na liberdade da sua nova natureza?

Somente você poderá tomar esta decisão.  Mas se você fizer isto certo você entrará num novo nível de liberdade e maturidade no seu caminhar com Deus.

Seu amigo e colaborador,

Dave  Roberson 

domingo, 21 de agosto de 2016

Dizimo, lei e graça! (Dave Roberson)


Como uma nova criatura em Cristo, você já está livre de tentar se conformar a uma lista do que pode ou não pode fazer. Mas o que significa de fato viver livre nesta nova natureza?

O apóstolo Paulo responde esta questão no livro de Romanos.  Paulo escreveu esta epístola para ensinar uma comunidade judia convertida em Roma a razão pela qual os gentios podem ser salvos pela Nova Aliança.  Estes judeus cristãos estavam tendo problemas em crer como os gentios podiam entrar na mesma herança que eles – como Abraão podia também ter sido o pai dos GENTIOS.

Paulo teve que esclarecer isso aos judeus, porque eles diziam: "Tudo bem, gentios, nós aceitamos o fato de vocês poderem ser salvos e que vocês também são a semente de Abraão. Contudo, a fim de serem aperfeiçoados, vocês têm que guardar a Lei."

Eu sempre quis saber por que Deus enviou Paulo aos gentios e Pedro para os judeus, porque Paulo sabia mais sobre a Lei do que qualquer outro apóstolo.  Pedro sabia bem pouco sobre a Lei.  Aliás, Pedro disse, "Os escritos de Paulo são realmente difíceis de se entender, e as pessoas usam-nos para sua própria destruição" (2 Pedro 3:16).    Pedro estava dizendo, "Mesmo eu sendo um apóstolo, tenho dificuldade de entender o que Paulo está dizendo!".

Contudo, Pedro foi para os judeus e Paulo, para os gentios.  Foi quatorze anos antes de Paulo começar seu ministério que Deus enviou Pedro para a casa de Cornélio, onde os primeiros gentios nasceram de novo e receberam o batismo no Espírito Santo (Atos 10).

Lembre-se que a Igreja Primitiva estava bem no seu início.  Ele pegou uma pessoa que sabia muito sobre a Lei como Paulo para fazer com que os gentios cressem que pudessem ser salvos.  Paulo sabia e aceitava a verdade que pela semente de Abraão, todas as nações do mundo poderiam ser abençoadas.  É por isso que Deus levantou este homem para este fim nesta época.

Paulo foi chamado para salvar o fundamento da Igreja Primitiva indo para a igreja dos gentios a fim de acertar a confusão feita pelos judeus.  Foi por isso também que Deus deixou Paulo escrever aos cristãos judeus em Roma.  Eles precisavam de ajuda para entender que, em Jesus, todos os homens podem ser salvos.

Esta é a total discussão em todo o livro aos Romanos. Inclusive no capítulo dez, muito usado para explicar como uma pessoa é salva, Paulo ainda expressa seu argumento, diferenciando a Lei da justificação verdadeira obtida pela fé.

Embora as pessoas citem Romanos 10:9 e 10 para definir como uma pessoa se salva, elas nem sempre percebem o que esta escritura realmente quer dizer.  Isto veio a mim enquanto eu estava ministrando numa igreja em outro estado.  Eu ouvi falar sobre um homem com um ministério de testemunhos que estava ministrando naquele local.  Este homem ia a estabelecimentos públicos e testemunhava com eficácia sobre a salvação, conseguindo que todos orassem com ele.   Alguém me disse que quatro mil pessoas tinham sido salvas naquele local, por causa de seu ministério.

Mas quando eu voltei àquela comunidade, seis meses mais tarde, nenhuma daquelas quatro mil pessoas que tinham aceitado a Cristo estava presente na igreja.  Aquilo trouxe uma grande pergunta para mim.  Embora este homem tivesse falado da salvação e orado para aquelas quatro mil pessoas, quantas de fato tinham sido salvas?

Alguma coisa parecida aconteceu comigo antes de eu nascer de novo.  Eu estava na Marinha naquela época, e num daqueles dias ao ir a uma festa, de repente uma mulher veio em minha direção com um folheto (daqueles de evangelização) e me perguntou, "Você gostaria de nascer de novo?".

Em Romanos 10:9,10 está escrito que se uma pessoa acredita em seu coração e confessa com sua boca, ela será salva.  Bem, eu posso ter feito alguma oração com a minha boca, mas eu NÃO acreditei em meu coração!

Este tipo de situação é muito comum.  As pessoas têm um rótulo em dizer que acreditam em Jesus, mas isto não quer dizer que elas nasceram de novo.  As palavras delas devem ser sinceras em convidar Jesus para entrar em seus CORAÇÕES.

Assim Paulo apresenta um tremendo argumento em todo livro aos Romanos sem se importar com os gentios que comiam carne de porco e de repente se tornaram a semente de Abraão, herdeiros das promessas.  Paulo explica que os gentios nunca em suas vidas guardaram a Lei antes de serem salvos, e agora, estavam – em particular, os Dez Mandamentos – pela sua nova natureza.

Com estas coisas em mente, vamos ver em Romanos 2:12-14. "Assim pois todos os que pecaram sem lei também sem lei perecerão, e todos os que com lei pecaram mediante lei serão julgados.     Porque os simples ouvidores da lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados.

Quando pois, os gentios, que não têm lei, procedem por natureza, de conformidade com a lei, não tendo lei, servem eles de lei para si mesmos".

Paulo deu como exemplo de praticantes da Lei, os gentios, aqueles....  que pela (sua nova) natureza fazem as coisas contidas na Lei...  Paulo também destaca no verso 13 que não são os ouvintes da Lei que são justificados diante de Deus, mas os praticantes.

De repente aqueles gentios que comiam carne de porco se tornam praticantes da Lei.  Os que guardam os Dez Mandamentos!  Contudo, a chave nesta passagem é: ELES FIZERAM ISTO ATRAVÉS SUA NOVA NATUREZA.

Paulo explica como isto funciona:

Quando, pois, os gentios, que não têm lei, procedem por natureza, de conformidade com a lei, não tendo lei, servem eles de lei para si mesmos.

Estes mostram a norma da lei gravada no seu coração, testemunhando-lhes também a consciência e os seus pensamentos, mutuamente acusando-se ou defendendo-se,

No dia em que Deus, por meio de Cristo Jesus, julgar os segredos dos homens, de conformidade com o meu evangelho. (Romanos 2:14-16)

Como estes gentios cristãos se tornaram praticantes da lei se não ninguém pregou para eles, pessoalmente, os Dez Mandamentos?  Eles começaram a seguir a própria consciência.  A nova natureza deles os levou a saber que não podiam mentir, andar em adultério, ou cobiçar.

Entenda que um homem espiritualmente morto, nascido com a natureza pecadora, não sabe que ele é um pecador.  Em Romanos 7 Paulo diz:   "Eu não sabia que eu tinha uma natureza pecadora até que Deus dissesse, "Não cobice" e eu tentei parar.  Eu tentei, mas isto era contrário à minha natureza pecadora.  O bem que eu queria fazer, eu não conseguia.  E o mal que eu tentava evitar, eu estava sempre fazendo.   Então eu percebi que não era mais eu que estava fazendo o mal.  Eu queria fazer o que Deus dizia, mas a natureza pecadora em mim me impedia".

Mas agora, de repente, judeus e gentios nasceram de novo.  Eles receberam uma nova natureza e a Lei se tornou parte desta nova natureza.

Uma vez que a sua natureza pecadora é trocada por uma nova natureza com a vida de Deus nela, ninguém precisa pregar os Dez Mandamentos para você.   Você não vai andar em adultério, ou irá cobiçar, mentir, roubar, pois a lei de Deus foi escrita na sua nova natureza.

No versículo 16, Paulo prega essa lei da consciência para o dia em que você vai ficar em pé diante de Jesus no Dia do Julgamento, dizendo eficazmente, "Você irá ser julgado de acordo com o que está no seu coração".

O que Paulo está dizendo?  É muito simples.  Porque eu tenho uma nova natureza, não terei desculpas com relação a tudo o que a minha consciência condenar ou acusar.   Por exemplo, minha nova natureza condena adultério, mentira, e cobiça.  Por isso, eu recuso aceitar estas coisas em minha vida.

Assim, aquilo pelo qual você irá ser julgado quando estiver diante de Jesus é isto: O QUE VOCÊ FEZ COM A SUA NOVA NATUREZA?  Em outras palavras, o seu galardão será baseado no quanto você respondeu da sua chamada divina e até onde você a levou.

Esta é a razão porque cada um terá um galardão diferente quando naquele dia estivermos diante de Jesus. Todos nós recebemos exatamente a mesma nova natureza quando nascemos de novo.  O resto foi acrescentado de acordo com o que cada um de nós acredita e aplica em sua própria vida.

Se nós permanecermos em uma doutrina certa, nós somos levados ao batismo do Espírito Santo depois de nascer de novo.  Se ficarmos numa doutrina errada, diremos que os dons e o Batismo do Espírito Santo já se foram.  Contudo, não importa o que nos foi ensinado, temos uma nova natureza.  Somos também muito abençoados em termos a Bíblia, diferente da Igreja Primitiva.  Podemos ler a Bíblia e decidir em que vamos acreditar, independentemente do que nos ensinem.

Veja, quando nós recebemos a nova natureza, o pecado perdeu seu domínio sobre nós.  Aquela nova natureza nos ajuda a discernir o que Deus quer que nós tenhamos quando lemos a Sua Palavra.

Hebreus 8:10,11 fala sobre isso:  Porque esta é a aliança que firmarei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o Senhor: na sua mente imprimirei as minhas leis, também sobre o seu coração as inscreverei, e eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.

E não ensinará jamais cada um ao seu próximo, nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece ao Senhor, porque todos me conhecerão, desde o menor deles até ao maior.

Esta é a promessa de Deus para nós: "Todos vocês poderão me conhecer".  Sob a Nova Aliança, que é um caminhar individual do menor ao maior, cada pessoa recebe uma nova natureza quando nasce de novo.

Isto significa que é nossa escolha acreditar ou não em alguma coisa contrária à Palavra e viver num caminho contrário a Ela.  Mas, naquele dia nós estaremos diante de Jesus, todos os segredos dos nossos corações serão revelados.  Nós vamos descobrir naquele dia do que a nossa consciência nos ACUSOU, ainda que queiramos fugir daquilo ou dar alguma desculpa, tudo virá às claras.

Então qual é o propósito da Lei para as nossas vidas como cristãos?  Bem, a Lei é para os indisciplinados.  Simplesmente pegue as leis dos Estados Unidos como um exemplo.  Este país é supostamente uma grande nação de cristãos; e ainda assim existem leis que previnem as pessoas de serem roubadas ou tomarem posse de coisas alheias.  Por quê?  Bem, se você tem uma nova natureza você não quer roubar as coisas do seu irmão.  Mas você quer que a lei exista para que os que são mortos espiritualmente não venha roubar as SUAS coisas!

Então vamos aplicar este entendimento da nova natureza a um assunto particular: SER FILHO E HERDEIRO VERSUS  FORMALIDADE EM DAR O DÍZIMO.  Dois anos atrás, fui ousado em definir estes termos com alguém que realmente é ignorante, ainda que acreditasse em Deus.  Se eu estivesse pensado bem no que eu estava fazendo, deveria ter tido medo!

Ensinei a minha congregação que eles não estavam mais debaixo da Lei e que o dízimo era algo da Lei. Como crentes, os dízimos e as ofertas deveriam ser governados pela sua nova natureza e a lei da consciência.

Bem, eu não fiquei desesperado, chorando. Eu sabia que todos nós estávamos na "escola", aprendendo como andar de acordo com a nossa nova natureza.  Mas eu também soube que: 1) nós tínhamos que aprender a sermos fiéis no pouco, ou nunca seríamos fiéis no muito; 2) nós tínhamos que começar a mudar as nossas necessidades, ou nunca mudaríamos em nada.  Além disso, eu percebi que é apenas quando o diabo NÃO ESTÁ tentando nos parar que estamos provavelmente no caminho errado!

Eu comecei ensinando isso no dia em que "caiu a ficha" do porquê Deus instituiu o dízimo na Antiga Aliança. Pense nisto deste jeito: Um homem morto espiritualmente não vai pagar impostos a menos que seja obrigado.  Quero dizer, se o governo disser, "Tudo bem, pagar os imposto é algo voluntário, de acordo com a sua consciência", as pessoas iriam provavelmente usar as rodovias até que virassem crateras e deixariam que as escolas públicas fossem fechadas antes que pagassem os impostos!

Então, a única razão pela qual as pessoas pagam os impostos é porque alguém virá atrás delas, se elas não pagarem.   Ironicamente, a Igreja fez a mesma coisa com o dízimo.  Os cristãos então concluíram: "Você não precisa que o diabo venha atrás de você se você não der o dízimo.  Deus mesmo virá atrás de você".

(Continua...)

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Quando a fé deixa de ser um esforço


52 dias de oração (18/06/16)

Tema: "Quando a fé deixa de ser um esforço e se torna minha normalidade"

(Hebreus 4)

O evangelho é a anunciação de que mediante a morte de Jesus Deus está bem com você.

Se você anda sentindo culpa condenação não está no evangelho ainda.

Se você estudar o Santo Lugar entenderá a viver no espírito, Santo dos Santos fala do Espírito de Deus.

Deus se relaciona com seu espírito e é nesse relacionamento que você é fortalecido contra o pecado.

A fé tem habilidade de agarrar a Palavra de Deus, como a águia agarra a presa e não solta.

Seu espírito não é influenciado pelo estado de sua alma, não é influenciado por circunstâncias. O seu espírito tem a ver com a palavra que Deus te deu.

Fé é um substantivo e crer é um verbo. Se você está crendo está agindo conforme Deus falou no seu espírito.

O santo lugar e o Santo dos Santos se misturaram dentro de mim, me tornei um com Deus!

A junção da sua fé com sua atitudes significa uma ação que recebe, se apropria.

Você deve se esforçar apenas para entrar no descanso!

Existe uma iniciação da fé quando você entede que é espírito e precisa andar em uma palavra.

Satanás fala na carne mas se tem alguma ligadura na alma isso será amplificado.

O diabo só pode marionetar você se tiver alguma ligadura de impiedade.

Se você está no descanso pode vencer uma enfermidade por um simples pensamento.

Não coloque as práticas espirituais em lugar errado se tornando peso para você.

Eu não me comporto mais por consciência própria, mas por Deus.

Deus não te quer olhando para você, isso é humanismo. Ele te quer olhando para Cristo, Nele há libertação!

Não busque em você os méritos, pois estão em Deus!

Quando você perde Jesus de vista sente a tempestade. Ao olhar para Ele eu sou liberto dos sentidos físicos.

Nosso problema é que ao olhar para nós mesmos introduzimos o medo.

O que eu sou, sou no espírito!

Deus não precisa te falir para te dá uma peia.

A peia do Espírito Santo não tem nada a ver com doenças, tragédias.

Deus não é autor do mal, é autor de sua vitória.

Você tem que aprender a parar de trabalhar com sua mente.

A vida espiritual tem uma equação que enquanto você não aprender ficará quebrando cabeça. Essa equação é: não mais eu, Cristo em mim!

O pré requisito para andar com Deus é humildade.

O soberbo diz eu vou fazer, eu eu...

A tua justiça própria é a mãe de sua soberba.

Soberba é um coração não encaixado com a graça, mas encaixada na justiça própria.

Como deveria ser simples pegar minha justiça própria e jogar fora!

Jesus precisou morrer porque não havia nada na velha natureza que poderia ser aproveitado.

Quem é cheio de justiça própria está sempre em um trono julgando os outros.

Você projeta nos outros a sua auto reprovação.

Você que não está conseguindo, não precisa de mais peso, precisa de mais graça.

Deus não é reprovador é aprovador.

Deus não está criando máquina, mas cultivando árvore.

Você que tem caído é quem tem mais que orar em línguas.

(Rm 8:26)

Você está com uma fraqueza? Tem alguém aí do seu lado te assistindo, o Espírito Santo.

Não resista a graça, receba a graça!

Deus quer nos levar do esforço de voar, para a simplicidade para voar.

Deus te diz: Não desista porque eu estou te ensinando a voar em todas as áreas de sua vida!

A tempestade não vai passar mas ao voar você encherga de cima para baixo e ver o começo, meio e fim do problema.

Na revelação do Senhor está a sua mudança permanente.

Quando você é legalista sobe ao trono para comprar. Mas nosso José celestial devolve o dinheiro.

Se renda pare de tentar merecer! Deus não quer seu dinheiro, quer você.

José mandou colocar o dinheiro de volta nos sacos de cereais.

Um pensamento mudado te economiza muito tempo.

Deus nos quer programados na fé!

Circunstâncias não determinam a realidade de sua vida.

Escolha os atalhos que o Espírito Santo te entrega!

Se encaixe com a graça de Deus.

Você é responsável em criar seu mundo.

Você é responsável por sua fé!

(Rm 4:16)

A promessa está apoiada na graça. Fé está ligada com graça.

A nova aliança é Deus te falando como homem fiz sua parte e como Deus fiz a minha!

Coloque sua fé na graça de Deus.

As promessas não dependem mais de lei, mas da graça.

A lei me afastou de Deus mas a graça me fez capturado para sempre para Deus!

Deus é seu Pai e é a paternidade dele que cria a sua fé.

No começo é um esforço mesmo, mas depois você morre de uma vez e fica no descanso!

(Eber Rodrigues)

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Assimilando a palavra na Alma (2)


O processo de assimilação acontecerá automaticamente, até mesmo quando você dorme. Por exemplo, suponha que você leu Primeira João cem vezes. (Aliás, esta é uma boa tarefa de início para oferecer a sua alma para meditação. Qualquer coisa em você que não ama as pessoas irá guerrear com este livro!) Então, suponha que logo depois, alguém lhe faça algo de errado e você levante uma montanha de mágoa por uma ofensa mínima.

A mente de Deus que você assimilou de Primeira João o ajudará a entender o que é, e o que não é importante, enquanto você dorme. Ela engrandecerá a verdade que você assimilou a respeito do amor de Deus e nivelará aquela montanha de mágoa.

É isto que eu quero dizer com meditação constante. O processo de assimilação acontecerá automaticamente, da mesma maneira que você aprende uma nova língua em um país onde todos a falam, menos você.

A sua alma foi criada para transformar você naquilo a que você mais se sujeita. Se for uma nova língua que todos estão falando menos você, você automaticamente irá começar a aprendê-la. E se você está se entregando à oração no Espírito Santo e à Palavra – lendo, falando, passando pela sua mente repetidas vezes – então, o seu homem espiritual irá automaticamente começar a ser iluminado pela revelação da verdade de Deus!

Estas direções que eu lhe dei para orar no Espírito não são de maneira alguma exaustivas. Elas são apenas sinais que lhe mostram o caminho para uma vida de oração mais efetiva. Lembre-se, a sua chave para revelar mistérios divinos é a oração em línguas, o seu objetivo é a vontade perfeita de Deus para a sua vida, e o seu Ajudador durante esta jornada é o Espírito Santo, que mora em seu interior!

Continue buscando a Minha face para que você possa ir de morte em morte [da natureza carnal] e de glória em glória. Você verá coisas muito maravilhosas acontecerem. Você não só estará na semeadura, mas também na colheita. Pois Eu falei, e assim será. Então, Eu lhe dou as chaves, e Eu chamo. Venha. Venha. Venha. Venha, diz o Espírito da Graça.

(Fim)
Do capítulo 14 do livro "Andando no Espírito, Andando em poder" (Dave Roberson)

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Meu testemunho


No dia 1° de fevereiro de 1980 eu nasci em Ribeirão Preto, São Paulo. Ninguém da minha família imaginava que minha vida seria tão conturbada e cheia de tribulações. Em fevereiro desse ano, eu fiz 36 anos e ainda demoro a acreditar que continuo vivo, em boas condições de saúde. Minha família sofreu muito comigo, fui rebelde desde cedo, demorei quase 30 anos para conhecer Jesus Cristo, hoje sei que Ele já me conhecia desde a fundação do mundo. Porém, muitas pessoas sofreram muito antes que Ele se revelasse a mim. Eu creio que na verdade talvez eu tenha sido o que mais sofreu.

Eu comecei a fumar com 15 anos, usar maconha com 16 e cocaína com 20. Desde os 15 eu já bebia o suficiente para não ter chegado aos 20. Me envolvi em acidentes de carro, brigas em bares, pessoas perigosas e relacionamentos trágicos. Minha vida foi um completo fracasso. Fui duas vezes ao Canadá e uma vez até a Nova Zelândia, e não consegui concluir nada do que planejei. Frustrei todos que acreditaram em mim. Fiz 3 faculdades, mas completei apenas uma. Passei 10 anos tentando ser veterinário e quando estava no último semestre não consegui terminar, sucumbi. Tive 12 namoros e 1 casamento que durou 3 meses. Pornografia e depravação entraram cedo na minha vida.

Comecei a usar anabolizantes aos 20 anos, tentando suprir minha baixa estima e criar e recriar a imagem de alguém que não se aceitava como era. Pensei em suicídio em vários momentos da vida. Formou-se ao longo do tempo uma capa arrogante e falsa por cima da minha personalidade. Tentava colar todas as rachaduras do meu caráter com coisas. Toda essa frustração me levava a beber descontroladamente e destruir tudo que estivesse ao meu redor. Aos poucos a mentira começou a fazer parte da minha vida em alta frequência. A tentativa de manutenção em ser alguém que eu não era causava mais destruição a cada tentativa de se reerguer. Era uma areia movediça;

Passei quase toda minha vida insatisfeito, bêbado, com depressão, ansioso, cheirei cocaína desesperadamente 15 dias sem parar em 2010 até que tive uma overdose em meu quarto, já estava 20 quilos mais magro, não tinha mais esperança. Colocava Rivotril na Vodka, ingeria Efedrina em grande quantidade, já não tinha nenhum amigo, recebia drogas na porta de casa, não devia os traficantes, mas tinha dividas por ter começado uma empresa e não ter conseguido continuar, meu corpo desfaleceu, eu já tinha decepcionado todas as pessoas possíveis. Eu não estava mais consciente, não vivia mais na mesma realidade que elas. Tudo estava destruído. Meus pais não sabiam mais o que fazer, meus amigos se afastaram, as mulheres que namorei nem podiam ouvir falar do meu nome.

Então, depois de destruir todas as possibilidades, frustrar todas as expectativas, depois de voltar de uma overdose por um milagre de Deus, e ainda continuar usando drogas, entrei num avião para Recife com algumas gramas no bolso, afim de abrir um bar com um amigo em Porto de Galinhas, praia de Pernambuco. O voo durou 2 horas e 40 minutos, e quando desci do avião estava liberto de todos os vícios. Jesus me tocou no avião enquanto eu dormia. E depois disso começou um processo de restauração em minha vida. Em Pernambuco bebi por mais 3 semanas, mas não cheirei mais cocaína e depois de 4 semanas não fumava mais, hoje depois de 6 anos e alguns meses, completados 36 anos estou completamente livre do vício das drogas.

Para um perdedor como eu não havia esperança. Todos desistiram, ninguém mais queria estar perto de mim. Eu estava falido, doente, viciado e alienado da realidade. Foi quando Jesus me tocou num voo da Passaredo de Ribeirão Preto para Recife, me curou, libertou, restaurou e me fez um discípulo Radical, tratou com minhas feridas, mazelas, magoas, ressentimentos. Doeu o suficiente para não mais doer. E depois me disse: "Ide, pregai o evangelho e fazei discípulos de todas as nações." Me deu em sonho, o projeto da Missão Maná de Letras. Um ministério de desconstrução da mentalidade religiosa e a criação de uma mente em Cristo através da cura pela palavra de Deus. O meu discipulado é o que passei, foi o tratamento ao qual Cristo me submeteu. A proposta era o envio de pessoas curadas como eu fui.

Voltei a fazer veterinária na UFRPE em 2012, mas depois de 2 semestres estudando, recebi o entendimento de Deus que meu chamado era para levar o evangelho as nações completamente dependente Dele, e não de minhas capacitações e profissão. Sai da universidade federal debaixo de um entendimento de propósito real, vivo  e firme, sigo hoje essa direção. Em 2014 passei 3 meses de experiência missionária na Albânia, e França. Fui professor da EBD na Igreja Presbiteriana do Pina por 4 anos, me desligando em dezembro de 2015, orando em línguas desde 2013 o Senhor me encaminhou a conhecer o Ministério do Pr. Célio Rosa (http://opescadorsaldaterra.com.br/ )onde hoje sirvo Jesus como Pastor. Abandonei a proposta do nome Missão Maná de Letras, renunciei a posição de líder do Ministério e me submeti a visão dada ao Pastor Célio assumindo assim a paternidade dele.Tudo feito por direção do Espirito Santo.

Hoje, moro em Chã Grande, e estou dando inicio a uma igreja O Pescador Sal da Terra em Recife, morei em  Serrambi, Porto de Galinhas, Jaboatão dos Guararapes, Gravatá e Recife, nesses 6 anos de Pernambuco. Exerço meu ministério de forma integral. Sou casado, tenho um casal de enteados, meus pais enxergam a transformação de Deus na minha vida. A Glória de Deus é manifesta todos os dias quando acordo, pois eu estava morto e o Senhor Jesus me ressuscitou, me deu um novo cântico, restaurou minha família, me deu esperança e um propósito de vida. Se há alguma dúvida sobre Deus em sua vida, olhe para a minha. Jesus Cristo é o Senhor de todas as coisas e minha vida hoje é viver por Ele e para Ele. Jesus é a Esperança da sua vida. A morte dele na cruz foi para o perdão dos seus pecados, a Salvação eterna. E a Salvação é somente pela fé no Messias.

O Senhor me fez um pastor de sua Seara para servir no Ministério o Pescador Sal da terra de Rondonópolis-MT, do meu Pai na fé Pr. Célio Rosa filho na fé do Pr. Dave Roberson. Que o Senhor seja louvado através de minha vida. Aleluia.

(Obs: No final de 2008 quando cheguei da Nova Zelândia aceitei Jesus e me tornei membro da Igreja Sara Nossa Terra, me batizei, porém não permaneci, não tive meu coração transformado, não me submeti a Jesus, não foi quebrado o meu orgulho, depois de 4 meses eu voltei a velha vida, por esse motivo, eu acredito que a verdadeira experiência de libertação com Jesus aconteceu no voo de Ribeirão Preto/Recife em agosto de 2010).

Deus vos abençoe.
Leonardo Lima Ribeiro

sábado, 6 de agosto de 2016

Carta de Pr. Suede


Os  dias  de  alegria  já  estão  a  caminho,  alegria  de  fato;  alegria  de  relacionamento,  alegria  de  vitória, e  alegria  de  banquete. De  fato  você  ficará  contente  por  ter  lutado  a  boa  luta.  Com  certeza,  junto com  as  coisas  que  estão  vindo  sobre  esta terra  vêm  sinais  não  comuns  e  prodígios.  Olhe  para  as notícias  e  esteja  ligado.  Aquele  clima  padrão  está  mudando  e causando  caos.  Mas  seja  forte,  você verá  sinais  que  não  são  comuns,  não  apenas  no  céu,  mas  também  na  terra.  Mas saiba,  saiba  que esta  geração  verá  muitas  coisas  preanunciando  o  dia  da  Minha  volta,  diz  o  Senhor.

Mas  com  o crescimento  de  todas  as  coisas,  para  aqueles  que  Me  servem,  sua  alegria  e  sua  paz, e mesmo todo  o  seu  entusiasmo  será maior ainda, numa grande proporção. Porque aquele que anda Comigo realmente é aquele que anda livre. Não  pense  que  é  estranho,  pois  muitos  pensam,  (mas você) não  pense  desta  maneira.  Ouça  a  Minha  palavra,  porque através  dela  falo  da  Minha  mente e  então você  verá  razão  nas  coisas.

Mas  não  pense  que  é  estranho  referente  a perseguição  de  fogo  ao qual  tentará  você.  Pois  saiba que  a  sua  fé  está  sendo  tentada,  mas  a  sua  fé  irá  aguentar  a perseguição. Pois  não é como o ouro
que  perece,  mas  sim  pura  e  que  pode  resistir  a  qualquer  teste  que  Satanás  maquinar. Pois  maior é Aquele  que  está  em  você  do  que  aquele  que  está  no  mundo.  E  saiba  que  quando  Eu  redimi você, Eu  lhe  supri  de todas  as  coisas  que  você  viesse  precisar  de  acordo  com  as  perseguições  de fogo que  virão  para  tentar  você  como  se coisas estranhas estivessem acontecendo com você. Então não fique mais  olhando  para  trás  e  querendo  adivinhar  no  seu  coração  “por  que  estas  coisas aconteceram comigo?”.  “Por  que  Deus  deixa  estas  coisas  acontecerem  comigo?”.

E  saiba  disto,  não  sou  Eu  que  deixo  estas  coisas acontecerem  com  você,  mas  Satanás  está tentando  a  sua  fé.  Mas  ela  é  muito  mais  pura  do  que  ouro  que  perece.  Pois  Eu sou  Aquele  que lhe  deu  tudo  para  que  você  possa  resistir  a  qualquer  teste  e  maquinação.  Seja  forte,  pois  não  há nada que  virá  sobre  você  que  não  terá  um  fim.  Seja  forte.  Como  a  torrente  de  água  que  se levantou  com  fúria  contra  a  casa  e ela  não  caiu  porque  estava  fundamentada  no  alicerce  de  fazer o que  Eu  digo,  sim,  a  tempestade  virá  com  fúria  e  as torrentes  de  água  se  levantarão  mas  a  sua casa  não  cairá.  E  quando  os  homens  puderem  ver  claramente  e  você  puder   ver  claramente,  outra vez  por  causa  da  tempestade,  haverá  um  testemunho  onde  eles  saberão  que  Eu  sou  a  sua  Vitória, diz o Senhor.

Muitas  coisas  se  verão  e  muitas  coisas  virão.  Brechas  entre  as  gerações.  Onde  estão  estas  coisas que  não  foram concluídas?  Mas  oh  ouça  e  veja  com  os  Meus  olhos  e  logo  você  entenderá  os maiores  mistérios.  Opere  neles,  pois  Eu terei  o  Meu  caminho  antes  destas  coisas  acontecerem.  Terá uma  direção,  para  aquele  que  cumprir  seu  ministério  como deve  ser.  Haverá  direção  para  cada  um. Mas,  em  toda  sabedoria,  força  e  poder,  todos  em  diferentes  ministérios  estarão sendo  preparados para  cumprir  esta  hora  final.  Seja  forte,  porque  outros  dirão  que  você  está  errado.  Seja  forte, para as coisas  que  se  verão  e  para  as  coisas  que  se  farão.  Magnificência  será  a  única  coisa  capaz  de te  ajudar  a  preservar.  Então seja  forte  e  tenha  bom  ânimo,  e  lembre-se,  se  Me  perseguiram  eles perseguirão  você.

Vá,  meu  amigo,  liberte  as  pessoas e ande sem nenhum medo. Pois  a  graça,  graça, oh  muitas  coisas  a serem  colocadas  nos  devidos  lugares.  Não  seja  fraco,  mas  seja  forte.  Entenda que a  onda  está para vir;  o  mais  profundo,  o  mais  profundo  arrependimento  de  fato  está  para  vir. O  mais  profundo. Você verá  no  Corpo  de  Cristo  que  antes  deste  tempo,  não  tinha  face.  Mas,  oh você  verá,  você verá  a  dispensação  como muitos  viram  na  deles.  Oh  o  arrependimento  mais profundo,  o  mais profundo.  Pois  saiba  que  a  santidade  verdadeira está  na  entrega,  e  Eu  estou começando  encontrá-la aqui  neste  lugar.

Receba

(Por: Espirito Santo)

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Assimilando a Palavra Na Alma


A sua alma foi criada para assimilar. Por exemplo, se você se mudasse para um país onde as pessoas falam uma língua que você não sabe, você começaria a assimilar aquela língua apenas por estar em contato constante com o uso dela. Toda sua mente seria usada para fazer com que você aprendesse aquela língua automaticamente. Você não precisaria sentar e ouvir uma fita que dissesse repetidas vezes naquela língua “Obrigado” ou “Como vai você?”, para você memorizar.

Do mesmo modo, você pode se aproximar da Palavra de Deus de uma maneira que a sua alma – seu intelecto, vontade e emoções – possa assimilá-la automaticamente e, então, possa começar o processo de transformação, com a verdade da Palavra.

Por exemplo, alguns homens na minha igreja que são chamados para socorros me perguntaram sobre que livros da Bíblia eles deveriam meditar para se sobressaírem em seus chamados pessoais. Como homens de negócios, uma de suas principais preocupações era aprender a possuir o dinheiro sem que ele os possuísse.
Então, eu lhes disse, “Peguem o Livro de Provérbios e leiam-no cinqüenta vezes. Lentamente, prestando atenção e reconhecendo o que está escrito em cada versículo. Vocês podem não entender o que cada versículo significa, mas pelo menos entendam o que eles dizem.

“Se vocês passarem por uma palavra desconhecida, procurem-na em um dicionário para que da próxima vez que forem ler, saibam o que ela significa. Mas, não façam estudos ou usem referências. Apenas leiam o Livro de Provérbios cinqüenta vezes”.
Por que eu instruí aqueles homens a fazer isto? Porque quando terminassem de ler Provérbios cinqüenta vezes, suas almas já haveriam assimilado o livro todo!

Talvez haja três versículos – um no capítulo 2, um no capítulo 5 e outro no capítulo 9 – que darão a eles o entendimento de um versículo no capítulo 14. Mas, este entendimento não viria até que houvessem lido o livro cinqüenta vezes, assimilando-o em suas almas.

Veja, quando você lê um livro da Bíblia repetidas vezes, você se põe em meditação constante. Você está alimentando seu espírito com o material cru que o Espírito Santo precisa para iluminar o livro inteiro para você! Um dia, o tema central ficará claro para você. Então, todos os versículos ao redor aparecerão junto com o entendimento de como eles se relacionam uns com os outros.

Entender como os versículos se relacionam uns com os outros em uma passagem da Bíblia é uma parte importante do processo de meditação. Uma das primeiras coisas que o Senhor me ensinou a respeito da meditação foi nunca tirar um versículo do seu contexto.

Se existe um versículo que estou tentando entender, o Espírito Santo me alerta para encontrar onde o assunto daquele versículo começa e onde termina, para que eu leia aquela passagem repetidas vezes. Desta maneira, eu O ajudo nas minhas meditações.

(Continua...)