domingo, 24 de abril de 2016

A prece que alcança a Deus começa e termina com Adoração


ORAR COMEÇA COM ADORAR

Nosso Deus é grande e bondoso. Tudo quanto somos ou viemos a ser, devemos exclusivamente a Ele, o doador de todo o bem e de toda a dádiva perfeita.
Portanto, como criaturas para com seu Criador,devemos a Deus a nossa sincera adoração e louvor.


O PRIMEIRO ELEMENTO DA PRECE É POIS A ADORAÇÃO

è aqui justamente onde muitos erram. Encaram a oração, na maior parte das vezes, como simples meio de obter socorro, numa emergência.
Este é sem dúvida um dos propósitos de orar, porém muito longe está de ser o único.

Deus removerá montes, fará parar, se preciso o sol e a lua nas suas órbitas, mas quer também alguma coisa da oração.
Que poderia exigir? Ele o eterno, o Todo-suficiente, que teríamos nós porventura para oferecer Aquele que rege os mundos?

Existe, na verdade, alguma coisa que podemos dar a Deus, algo que Ele busca e muito deseja:  NOSSA ADORAÇÃO CONSAGRADA

Visto que a criatura tudo deve a Ele, é justo e digno que O adore.

Os homens devem, louvá-lo todos os dias de sua vida. É o que declara o último versículo do salvo 150: “ E tudo quanto tem fôlego, louve ao Senhor”

Fizemos menção no primeiro capitulo, da narrativa da mulher samaritana junto ao poço de Jacó.Ela suscitara a pergunta sobre qual o melhor lugar para o ato de adorar. E aquela pobre alma não esclarecida, Jesus propiciou uma das Suas maravilhosas revelações, dizendo: Mas vem a hora, e já chegou, quando os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. Porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.

Cristo assim revelou que uma coisa Deus busca da raça humana, algo que lhe pode ser dado se os homens o quiserem: O ADORAR EM ESPIRITO E EM VERDADE.

Quando Jesus esteve na terra, grande parte das pessoas religiosas da época haviam transformado a oração em mera fórmula.

Uma seita afirmava que somente em Jerusalém deviam os homens adorar a Deus.

Outra dizia que o lugar apropriado era o Monte Gerizim, em Samaria. Jesus, porém, revelou que nem em Jerusalém, nem qualquer monte, em particular, tinha qualquer coisa a ver com lugar onde orar. Deus é espírito.

É onipresente. Portanto, deseja que todos O adorem onde quer que estejam, Ele busca os que assim O adoram.

Satanás também disputa a adoração dos homens. Quando o diabo tentou Cristo, prometeu-lhe os reinos da Terra  e a glória deles se Ele, prostrado, o adorasse( Mt 4.9).

Jesus repeliu com veemência o oferecimento de satanás, retrucando-lhe que só a Deus está reservado render adoração .

Notem como Cristo, ao orar, rendia graças e louvores a Deus. Sua primeira oração registrada foi:

“ Graças te dou ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos.” (Mt 11:25)

Antes de Cristo levantar Lázaro do túmulo, rendeu graças a Deus por tê-lO, já ouvido.

Quando as criancinhas O louvaram, ao fazer Sua entrada triunfal em Jerusalém, ao invés de as repreender conforme lhe fora solicitado, respondeu:

“Sim, nunca lestes: Da boca dos pequeninos e crianças de peito tiraste perfeito louvor?(Mt 21.16)

Nenhum comentário:

Postar um comentário